POLUIÇÃO

Reduzir emissões pode salvar 1 milhão de vidas por ano, alerta OMS

Segundo a OMS, nove a cada dez pessoas no mundo respiram ar poluído, o que provoca sete milhões de mortes por ano por causas diretamente relacionadas com a poluição

  • EFE/ Maxim ShipenkovEFE/ Maxim Shipenkov
EFE/ Maxim Shipenkov

O cumprimento das metas do Acordo de Paris a respeito da redução de emissões poluentes pode salvar cerca de um milhão de vidas por ano no mundo todo, alertaram representantes da Organização Mundial da Saúde (OMS) na Cúpula do Clima realizada na cidade de Katowice, na Polônia.

“É evidente que a mudança climática já está tendo um impacto severo na vida e na saúde das pessoas, e ameaça os pilares de uma boa saúde: ar limpo, água potável, provisão de alimentos nutritivos e um teto seguro”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

De acordo com Ghebreyesus, “se a mudança climática seguir avançando, acabará com décadas de progresso na saúde mundial, por isso é necessário agir de maneira imediata para diminuir os seus efeitos”.

Segundo a OMS, nove a cada dez pessoas no mundo respiram ar poluído, o que provoca sete milhões de mortes por ano por causas diretamente relacionadas com a poluição.

A organização calcula que nos 15 países que emitem a maior quantidade de emissões de gases do efeito estufa, estima-se que os impactos da poluição do ar na saúde custem mais de 4% do PIB, enquanto as ações para alcançar os objetivos do Acordo de Paris custariam cerca de 1% do PIB mundial.

“A autêntica fatura da mudança climática é sentida em nossos hospitais e em nossos pulmões”, lamentou Maria Neira, diretora de Saúde Pública da OMS, ao ressaltar que a luta contra a mudança climática é uma oportunidade para melhorar a saúde da população mundial.

Segundo um relatório apresentado nesta quarta-feira pela OMS, a mudança para fontes de energia limpa não só melhorará a qualidade do ar, mas também se traduzirá em benefícios imediatos para a saúde em todo o planeta, por isso a organização recomenda medidas como, por exemplo, promover meios de transporte que exijam atividade física para prevenir doenças cardiovasculares.

Marcados com: , ,
Publicado em Saúde e Bem-estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?