EBOLA

Número de casos de ebola na RDC sobe para 14, com uma morte confirmada

O Ministério da Saúde fala sobre 45 casos (14 confirmados, 10 suspeitos e 21 prováveis) e informa que as mortes com sinais de ebola subiram de 23 para 25.

  • EFE/ ArquivoEFE/ Arquivo
EFE/ Arquivo

O surto de ebola declarado na República Democrática do Congo (RDC), que afeta três zonas do ocidente do país, as duas rurais de Bikoro e Iboko e no núcleo urbano de Mbandaka, acumula 14 casos confirmados e o Ministério da Saúde confirmou uma morte pela doença.

Até ontem, eram apenas três os casos confirmados, com a novidade que tinha registrado um caso em Wangata, distrito de Mbandaka, por isso que o Ministério da Saúde anunciou estar entrando em uma nova fase da epidemia de ebola.

Em um novo relatório enviado nesta sexta-feira aos veículos de imprensa com dados até o dia 16, o ministério fala sobre 45 casos (14 confirmados, 10 suspeitos e 21 prováveis), e informa que as mortes com sinais de ebola subiram de 23 para 25, com apenas uma delas confirmada.

Para lidar com este novo surto declarado na semana passada, o governo congolês recebeu 5,4 mil doses de vacina contra o ebola, destinadas àquelas pessoas em situação de risco, enquanto que a vigilância foi intensificada por todas as rotas de acesso e saída do país.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), que trabalha junto com equipes dos Médicos Sem Fronteiras (MSF), Unicef e Federação Internacional da Cruz Vermelha (FICV), vai enviar 7.540 doses e hoje se reúne de maneira urgente para avaliar se declara o surto como “emergência de saúde pública“.

Mbandaka, capital da província do Equador, conta com 1,5 milhão de habitantes, segundo a OMS, e se encontra ao lado do rio Congo.

Este é o nono surto de ebola que atinge a República Democrática do Congo desde que o vírus foi descoberto, em 1976, quando o país ainda se chamava Zaire. A pior epidemia da doença aconteceu em março de 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?