Setor de saúde suplementar espera crescimento de até 3,3% em 2015

Brasil conta atualmente com 71,9 milhões de pessoas com acesso à saúde privada

  • Foto: Arquivo/EFEFoto: Arquivo/EFE
Foto: Arquivo/EFE

Apesar do pessimismo econômico para 2015, o setor de saúde suplementar, que reúne empresas de saúde privadas de todo o país, anunciou um crescimento estimado de 2,7 a 3,3% no número de beneficiários em 2015.

“Mesmo com o ano de baixo crescimento econômico, os números mostram um respiro do setor, ante o crescimento das despesas superior ao de receitas, como observado em anos anteriores”, informou hoje em comunicado a Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde).

De acordo com a entidade, as despesas com o atendimento a pacientes cresceram 16,7%, totalizando R$ 102,7 bilhões enquanto as receitas com o pagamento das mensalidades dos beneficiários, apresentaram aumento de 17,5%, chegando a R$ 126,6 bilhões.

Com isso, o setor deve fechar o ano com uma “provisão técnica” de cerca de R$ 27 bilhões, um crescimento de 51% comparado com os valores acumulados em 2011 – de R$ 12 bilhões.

Ainda segundo o levantamento feito pela FenaSaúde com dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o país conta atualmente com 71,9 milhões de pessoas com acesso à saúde privada, uma expansão de 4% em relação ao ano passado.

Já os planos de assistência médica teve um crescimento de 2,8%, com 50,6 milhões de beneficiários, enquanto os planos exclusivamente odontológicos devem fechar o ano com um crescimento de 7%.

Marcados com: , ,
Publicado em Saúde e Bem-estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?