PESQUISA

Pesquisadores propõem método para reduzir bactéria E. coli em alimentos

Atualmente não existem “métodos eficazes” contra essa bactéria, além de medidas de higiene como lavar as mãos antes de preparar os alimentos ou cozinhar bem os produtos de origem animal.

  • Foto: pixabay/geralt (CC0)Foto: pixabay/geralt (CC0)
Foto: pixabay/geralt (CC0)

Um grupo de pesquisadores descobriu que o uso de um tipo de bacteriocina no processamento dos alimentos pode ajudar a reduzir a presença neles da bactéria E. coli, segundo um estudo publicado nesta segunda-feira na revista “Proceedings” da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos.

A Escherichiacoli, conhecida como E. coli, é uma das principais causas de infecções bacterianas no mundo todo e, só nos Estados Unidos, deixa um saldo anual de 100.000 doentes, 3.000 hospitalizações e 90 mortos, de acordo com os pesquisadores.

Essas infecções estão relacionadas normalmente com o consumo de alimentos de origem animal ou vegetal contaminados pela E. coli.

Atualmente não existem “métodos eficazes” contra essa bactéria, além de medidas de higiene como lavar as mãos antes de preparar os alimentos ou cozinhar bem os produtos de origem animal.

As colicinas são um tipo de bacteriocinas – antimicrobianos de natureza proteica que são muito ativos frente a patógenos – produzidas por cepas de E. coli que inibem ou matam o crescimento de outras cepas.

Os pesquisadores propõem usar essas colicinas no processamento de alimentos de origem animal e vegetal, já que vários experimentos realizados em carne e plantas comestíveis como o espinafre demonstraram que são “altamente e amplamente ativas” contra as principais cepas de E. coli.

A bactéria E. coli se encontra normalmente no intestino do ser humano e de outros animais e pode causar infecções intestinais e extra-intestinais, geralmente graves, como infecções do aparelho excretor, das vias urinárias, cistite, meningite, peritonites e pneumonia.

Marcados com: ,
Publicado em Ciência Médica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?