MADAGASCAR PESTE

OMS diz que surto de peste em Madagascar não deve se estender a outros países

A Peste Pulmonar afeta os pulmões e é transmitida através de excreções bucais com consequências mortais se não for tratada entre 24 e 48 horas após o contágio.

  • O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. EFEO diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. EFE
O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. EFE

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta terça-feira que o risco de propagação internacional da Peste Pulmonar, pelo surto que está ocorrendo em Madagascar, é “baixo” e considerou que não existem razões para restringir as viagens ao país, assim como o comércio.

“A OMS é contra qualquer restrição de viagem ou de comércio com Madagascar“, disse à imprensa o porta-voz da organização, Christian Lindmeier.

A Peste Pulmonar afeta os pulmões e é transmitida através de excreções bucais com consequências mortais se não for tratada entre 24 e 48 horas após o contágio.

Entre 1 de agosto e 1 de outubro foram detectados 133 casos no país e 24 pessoas contaminadas morreram.

Diferente de passados surtos de peste em Madagascar – onde esta doença é endêmica -, desta vez ela se propagou em algumas das principais áreas urbanas do país, incluindo a capital e cidades portuárias, o que faz temer graves consequências.

A capital, Antananarivo, tem uma população de duas milhões de pessoas, enquanto as áreas portuárias onde foram detectados casos correspondem a Toamasina e Mahajanga.

Além disso, preocupa a OMS o início da temporada propícia para a doença, que se estende até abril.

Por estas razões, a OMS enviou equipes a Madagascar que proporcionarão assistência técnica às autoridades, realizarão avaliações, apoiarão o sistema de vigilância epidemológica e trabalharão com as comunidades para conter a doença.

A cada ano, cerca de 400 casos de peste são detectados em Madagascar, mas a maioria são de Peste Bubônica, que não se transmite de pessoa para pessoa, como ocorre com a Peste Pulmonar.

Marcados com: , , ,
Publicado em Doenças e Tratamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?