TABAGISMO

Número de fumantes no Brasil cai 30,7% nos últimos 9 anos

De acordo com a Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) do Ministério da Saúde em 2014, 10,8% dos brasileiros fuma atualmente, enquanto a porcentagem era de 15,6% em 2006.

  • mas infoB18. BARCELONA, 15/10/09.- Un documento que representa a la Sociedad Española de Neumología y a un millón de fumadores, y que se presenta hoy, solicita que el Ministerio de Sanidad financie los tratamientos farmacológicos contra el tabaquismo. En la imagen, un joven fumando. EFE/Julián MartínNúmero de fumantes no Brasil cai 30,7% nos últimos 9 anos
Número de fumantes no Brasil cai 30,7% nos últimos 9 anos

O número de fumantes no Brasil diminuiu 30,7% nos últimos nove anos, segundo os resultados de uma pesquisa realizada em 2014 pelo Ministério da Saúde e apresentada nesta quinta-feira pelo ministro Arthur Chioro.

De acordo com a Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) do Ministério da Saúde em 2014, 10,8% dos brasileiros fuma atualmente, enquanto a porcentagem era de 15,6% em 2006.

“Há 20 anos, mais de um terço da população adulta no Brasil fumava”, destacou Chioro em vídeoconferência exibida pelo site da pasta.

Além disso, o ministro de Saúde quis deixar claro que a atual luta contra o tabagismo não se deve a um desejo do governo de “coibir”, mas à necessidade de ter uma “política pública”.

O estudo também mostrou que o índice de fumantes é maior entre os homens (12,8%) do que entre as mulheres (9%). Quanto à idade, é maior o número de fumantes entre 45 e 54 anos (13,2%) e menor entre os jovens entre 18 e 24 anos (7,8%).

O levantamento aponta que 21,2% dos brasileiros se consideram ex-fumantes, com uma porcentagem de 25,6% entre os homens e 17,5% entre as mulheres.

De acordo com o Ministério da Saúde, o tabagismo é responsável por 200 mil mortes no país anualmente devido à incidência em casos de infarto e bronquite, entre outras doenças. Este hábito também é responsável por 90% dos casos de câncer de pulmão e 10% dos outros tipos da doença.

“Lutar pelo controle do tabagismo é lutar pela qualidade de vida dos brasileiros”, analisou Chioro.

Marcados com: , ,
Publicado em Saúde e Bem-estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?