MOSQUITO AEDES

Nova York realizará fumigações aéreas para combater vírus da zika

A agência de saúde da cidade indicou em comunicado de imprensa que utilizará larvicidas naturais e ecológicos para matar os ovos de mosquitos com o vírus

  • mas infoEFE/EUA CARIBE SHM13 SAN JUAN (PUERTO RICO), 15/10/2014.- Imagen de varios mosquitos Aedes Aegypti en el laboratorio del departamento de Entomología del Centro para el Control y Prevención de las Enfermedades (CDC), en San Juan (Puerto Rico0. Este es el mosquito que transmite las enfermedades del dengue y chikungunya, entre otras. Científicos de los CDC ultiman una "trampa" para este mosquito transmisor del chikunguña, un virus que llegó a América hace tan sólo diez meses y ha infectado ya a cientos de miles de personas y provocado la muerte de más de un centenar de personas sólo en el Caribe. El chikungunya es una enfermedad vírica transmitida al ser humano por mosquitos notificada por vez primera en el sur de Tanzania en 1952 para la que no hay vacuna ni tratamiento. EFE/Thais LlorcaEFE/Thais LlorcaEFE/Thais Llorca
EFE/Thais Llorca

O Departamento de Saúde de Nova York realizará nesta quinta-feira sua primeira fumigação aérea como parte da iniciativa de prevenção contra o vírus da zika, em diferentes áreas dos condados de Brooklyn, Queens, The Bronx e Staten Island.

A agência de saúde da cidade indicou em comunicado de imprensa que utilizará larvicidas naturais e ecológicos para matar os ovos de mosquitos portadores do vírus antes que cheguem à fase adulta.

As autoridades vigiarão os mosquitos portadores do vírus do Nilo Ocidental e os que podem ser portadores da zika, e para isso seão fumegadas as áreas onde esses insetos se reproduzem durante o verão.

O Departamento de Saúde de Nova York lembrou que quando o clima é quente os mosquitos podem se reproduzir em qualquer local com água parada por mais de quatro dias.

“As condições existentes de clima quente e úmido intensificarão o aumento da população de mosquitos. Devido ao seu tamanho e acessibilidade limitada, estas áreas serão tratadas mediante o uso de helicópteros voando baixo”, afirmou a entidade.

As autoridades de saúde recomendaram aos nova-iorquinos que tomem medidas de precaução durante atividades ao ar livre usando repelentes e evitem deixar água parada em suas residências para evitar as larvas de mosquitos.

Em março, o governador do estado, Andrew Cuomo, anunciou um plano para prevenir um surto do vírus e eliminar outros tipos de mosquitos que possam transmití-lo, incluindo um exame grátis para grávidas.

Marcados com:
Publicado em Saúde e Bem-estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?