CÂNCER

Análise sanguínea consegue detectar 86% dos cânceres de ovário

Uma simples análise de sangue pode detectar 86% dos cânceres de ovários com mais rapidez do que os diagnósticos atuais, aponta estudo

  • Análise sanguínea consegue detectar 86% dos cânceres de ovário
Análise sanguínea consegue detectar 86% dos cânceres de ovário

Uma simples análise de sangue pode detectar 86% dos cânceres de ovários com mais rapidez do que os diagnósticos atuais, aponta um estudo publicado nesta terça-feira na revista britânica “Journal of Clinical Oncology”.

A doença pode ser mortal se detectada apenas em fase avançada, por isso a pesquisa elaborada pelo University College London representa um avanço para descobri-la e tratá-la a tempo.

A equipe de cientistas acompanhou 46 mil mulheres para realizar o estudo, mas os autores preferem ser cautelosos na hora de quantificar quantas vidas podem ser salvas pelo novo exame.

A pesquisa se baseia na análise dos níveis de uma proteína, chamada QUAL125, presente no sangue e que registra crescimento caso a mulher sofra com um câncer de ovário.

Os pesquisadores registraram as variações desta proteína ao longo do tempo. Em caso de um nível elevado, as pacientes eram submetidas a outros tipos de exame, como uma ultrassonografia, para corroborar o diagnóstico da doença.

O professor da University College London, Usha Menon, disse em entrevista à emissora britânica “BBC” que o estudo representa um bom avanço, mas destacou que ainda não sabe afirmar se esse diagnóstico consegue detectar o câncer de ovário a tempo de salvar vidas.

No Reino Unido, 7.100 mulheres são diagnosticadas a cada ano com câncer de ovário, das quais 4.200 morrem em decorrência da doença.

Marcados com:
Publicado em Ciência Médica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?