Superbactéria

Infecções por superbactérias se expandem no Distrito Federal

As infecções com perigosas bactérias resistentes aos antibióticos, que provocaram duas mortes nos últimos dias em um hospital de Taguatinga, uma cidade próxima a Brasília, se expandiram a outros centros médicos do Distrito Federal, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

  • mas infoBOG05. CALI (COLOMBIA), 23/09/2013.- Fotografía del 14 de septiembre de 2013 de un hombre sosteniendo un cultivo de la bacteria obtenida del almidón de yuca en Cali, departamento de Valle del Cauca (Colombia). Investigadores de la Universidad Icesi, de la ciudad colombiana de Cali (suroeste), han identificado hasta seis grupos de bacterias en las plantas de procesamiento de yuca, un tubérculo que crece en tierra tropical, capaces de eliminar el cianuro de los ríos contaminados por la minería aurífera. EFE/CHRISTIAN ESCOBAR MORAEFE/CHRISTIAN ESCOBAR MORAEFE/CHRISTIAN ESCOBAR MORA
EFE/CHRISTIAN ESCOBAR MORA

As infecções com perigosas bactérias resistentes aos antibióticos, que provocaram duas mortes nos últimos dias em um hospital de Taguatinga, uma cidade próxima a Brasília, se expandiram a outros centros médicos do Distrito Federal, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

Oito pacientes estão totalmente isolados em quatro hospitais de Brasília após terem desenvolvido infecções provocadas pelas chamadas superbactérias, que podem levar à morte porque são resistentes aos antibióticos existentes, segundo um boletim divulgado hoje pela Secretaria de Saúde de Brasília.

Três pacientes isolados, de entre 74 e 91 anos, estão sendo atendidos no Hospital Regional de Taguatinga, onde nas últimas semanas morreram duas pessoas, de 78 e 80 anos, por dificuldades respiratórias provocadas pela bactéria conhecida como KPC.

Um paciente de 82 anos infectado por esta mesma bactéria foi isolado no Hospital Regional de Sobradinho, outro município que faz parte do Distrito Federal, e seu estado foi diagnosticado como grave porque a KPC provocou uma doença pulmonar obstrutiva crônica.

Dois pacientes, de 83 e 85 anos, foram isolados no Hospital Regional do Guará depois de desenvolverem infecções provocadas pela bactéria Acinetobacter baumannii, igualmente resistente aos antibióticos, e outros dois, de 40 e 50 anos, estão em estado gravíssimo no Hospital Regional de Santa Maria pela mesma bactéria, segundo o Diário Oficial.

No Hospital de Santa Maria outros 14 pacientes estão isolados porque foi detectada uma bactéria, mas são considerados “colonizados”, ou seja que não têm sintomas relacionados à presença do microorganismo.

No de Taguatinga igualmente 14 pacientes estão sob estrita observação porque são considerados colonizados pela KPC, uma cepa virulenta da bactéria “Klebisiella pneumoniae” que pode provocar desde pneumonia até fortes infecções internas.

Há cinco anos, essa mesma bactéria foi detectada em vários hospitais de Brasília e outras cidades vizinhas e, em um lapso de seis meses, causou 18 mortes e sérias infecções respiratórias a cerca de 200 pacientes.

Publicado em Doenças e Tratamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?