CÓLERA IÊMEN

Iêmen chega a 2.065 mortes por cólera e 646 mil casos, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e parceiros instalaram 1,3 mil centros de tratamento no país para combater a doença.

  • EFE/ ArquivoEFE/ Arquivo
EFE/ Arquivo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta terça-feira que 2.065 iemenitas morreram por cólera desde o final de abril, quando teve início o segundo surto da doença no país, em mais de 646 mil casos registrados nesse período.

Tarik Jasarevic, porta-voz da entidade, afirmou em coletiva de imprensa da ONU em Genebra que o número de casos caiu em algumas áreas afetadas pelo surto, mas aumentou em outras, motivo pelo qual “estamos longe do fim” da crise de cólera no Iêmen.

A taxa de mortalidade por causa da doença está situada em 0,32%, o que significa que “mais de 99% dos contagiados se recupera da cólera”, explicou.

Jasarevic considerou difícil responder ao surto atual perante o conflito no país, onde aproximadamente 15 milhões de iemenitas não têm acesso a serviços de saúde básica e 50% dos hospitais e centros de saúde não funcionam ou estão parcialmente ativos.

Cerca de 30 mil trabalhadores do setor da saúde não receberam salários em mais de um ano e 16 milhões de cidadãos têm problemas para conseguir água potável, o que “é obviamente uma das razões pelas quais a cólera se expande”, ressaltou Jasarevic.

A OMS e parceiros instalaram 1,3 mil centros de tratamento no país para combater a cólera.

“Todos sabemos que só a paz pode restaurar os sistemas de saúde. Se não houver uma solução pacífica para o conflito, os iemenitas continuarão sofrendo doenças e a morte”, afirmou.

O Iêmen é palco de um conflito entre os rebeldes houthis e os seus aliados e as forças leais ao presidente Abdo Rabu Mansour Hadi, que conta com o apoio de uma aliança militar liderada pela Arábia Saudita.

Marcados com: , , ,
Publicado em Doenças e Tratamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?