Doença de Huntington afeta músculos e neurônios

Cientistas americanos descobriram que a doença de Huntington não só afeta os neurônios, mas também os músculos.

  • Doença de Huntington afeta músculos e neurônios
Doença de Huntington afeta músculos e neurônios

A doença de Huntington, uma patologia grave, rara e hereditária que, até o momento, não tem cura, não só afeta os neurônios, mas também os músculos, indicou um estudo publicado na revista “The Journal of General Physiology” (JGP).

Até o momento, se acreditava que a doença de Huntington era fundamentalmente uma desordem neurodegenerativa, ou seja, um transtorno cognitivo que interfere na progressiva aceleração da morte celular.

Doença afeta sistema esquelético

No entanto, pesquisadores da Universidade Estadual Wright, em Dayton, nos Estados Unidos, e da Universidade Estadual Politécnica da Califórnia descobriram que esta doença afeta igualmente o tecido muscular.

O estudo, realizado com um grupo de ratos com Huntington, explica alguns dos sintomas físicos desta desordem, como a interrupção do desenvolvimento do músculo esquelético.

Descoberta ajuda a monitorar progresso da doença

A doença de Huntington, causada pela mutação do gene que codifica uma proteína chamada huntingtina (Htt), está associada à perda de memória, as mudanças de humor, assim como aos movimentos musculares involuntários e a rigidez muscular.

“Nossos resultados demonstram que o Huntington é uma miopatia – doença muscular – e uma desordem neurodegenerativa, e este conhecimento pode provocar novas oportunidades de melhorar a vida do paciente, orientando o tratamento ao músculo esquelético”, explicou Andrew Voss, líder da pesquisa.

Agora, os médicos poderão utilizar o músculo esquelético para acompanhar o progresso da doença, um sistema mais simples que o utilizado até o momento, que consistia na análise do tecido cerebral.

Andrew Voss e seus colegas já tinham descoberto em um estudo anterior que o tecido esquelético se degenera nos últimos estágios da doença, no entanto, a nova pesquisa provou que o músculo começa a sofrer danos antes mesmo de os sintomas aparecerem.

Publicado em Doenças e Tratamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?