CÂNCER

    Hospital de Câncer alerta trabalhador rural para riscos de agrotóxicos

    Pesquisa coleta de amostras de sangue de homens e mulheres do campo para verificar a predisposição deles ao câncer.

    • EFEEFE

    O Brasil é um dos maiores consumidores de agrotóxicos do mundo, e segundo a Organização Mundial da Saúde, uma lista destes químicos é apontada como causadores de câncer e outras doenças, onde os maiores afetados são os trabalhadores rurais.

    Em uma pesquisa realizada pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e o Hospital de Câncer de Barretos, ao menos 100 produtores rurais foram estudados sobre uso de defensivos agrícolas.

    “O trabalho não tem o objetivo de afirmar que o defensivo causa câncer, mas sim de identificar a predisposição dessas pessoas à doença”, esclareceu Rolando Salomão do Nascimento, responsável pelo projeto na Casa da Agricultura de Barretos.

    A parceria que realizou um trabalho de orientação sobre a correta aplicação dos defensivos agrícolas foi responsável pela coleta de amostras de sangue de homens e mulheres do campo para verificar a predisposição deles ao câncer.

    Além do sangue, são reunidas informações dos participantes a partir de questionário e do histórico ocupacional dos trabalhadores rurais, tudo visando a avaliação dos fatores de risco aos quais estão expostos e os tipos mais frequentes de defensivos utilizados, nem todos identificados devido à pirataria.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    Login

    Registrar | Perdeu sua senha?