CÂNCER

Estudo identifica seis novos genes referentes ao câncer de ovário

Um estudo com 200 pesquisadores de todo o mundo permitiu identificar seis novos genes relacionados ao câncer de ovário.

  • mas infoepa000281727 Professor Jacques Donnez gives explanations on the birth of new born Tamara, Friday, 24 September 2004, during a news conference at the UCL Saint-Luc hospital in Brussels. Tamara, weighing 3 kg 720, and born on Thursday 23 at 19h15 CET, is the first baby to be born from reimplanted ovarian tissues. The tissues have been kept since 1997 by cryogenics while her mother Ouarda Touirat was undergoing a chemotherapy to treat the cancer she had been suffering from. EPA/VIRGINIE LEFOURFoto ilustrativa. EPA/VIRGINIE LEFOURFoto ilustrativa. EPA/VIRGINIE LEFOUR
Foto ilustrativa. EPA/VIRGINIE LEFOUR

Um estudo com 200 pesquisadores de todo o mundo permitiu identificar seis novos genes relacionados ao câncer de ovário.

O trabalho publicado na revista “Nature Genetics” avalia as associações de 11 milhões de variações genéticas de 15.437 pacientes sem histórico familiar, 30.845 casos de pessoas que não desenvolveram a doença, 15.252 portadoras da mutação BRCA1 e 8.211 da BRCA2, genes relacionados ao câncer de ovário.

Segundo o Instituto Catalão de Oncologia (ICO) de Girona, que participou do estudo, até então o número de genes relacionados ao câncer epitelial de ovário se limitava a 12.

A identificação dos seis novos permitirá melhorar o prognóstico do risco de desenvolver a doença nas pacientes portadoras das mutações genéticas BRCA1 e BRCA2.

Marcados com: , , ,
Publicado em Ciência Médica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?