CIRURGIA PLÁSTICA

Estados Unidos passa o Brasil e lidera os números de cirurgia plástica no mundo

Mais de 20 milhões de procedimentos cirúrgicos e estéticos foram realizados no mundo em 2014.

  • mas infoU.S. Air Force surgeons Dr. Patrick Miller (left), Dr. Michael Hughes (right), and surgical technician SrA Ray Wilson from the 379th Expeditionary Medical Squadron, repair the ruptured achilles tendon of a servicemember on March 11, 2003. The doctors are performing this surgey at a field hospital in a foward-deployed location. (U.S. Air Force photo by SSgt. DERRICK C. GOODE)(RELEASED)Foto: Wikimedia CommonsFoto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

No ano passado foram realizados mais de 20 milhões de procedimentos cirúrgicos e estéticos em todo o mundo. O levantamento foi realizado pela Industry Insights, empresa de desenvolvimento de pesquisa em Ohio nos Estados Unidos, a pedido da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS.

De acordo com o diretor da ISAPS, o cirurgião plástico Carlos Oscar Uebel, esta pesquisa foi dirigida a mais de 35 mil cirurgiões plásticos de 90 países.

No ano de 2014 foram feitos no Brasil mais de 2 milhões de procedimentos: desses 1.343.293 foram cirurgias plásticas e 715.212 procedimentos estéticos, o que coloca o Brasil na segunda posição no ranking mundial. Os Estados Unidos é o atual líder com 1.483.020 cirurgias plásticas realizadas e 2.581.551 procedimentos estéticos.

Dentro das intervenções mais realizadas no Brasil em 2014 estão: lipoaspiração (217. 606), aumento de mama por prótese de silicone (185.042), blefaroplastia (161.235), abdominoplastia (121.884) e enxerto de gordura (112.306).

No entanto, o Brasil é o campeão mundial em cirurgias plásticas no rosto (501.053) com destaque a cirurgia de implante capilar (13.091) e cirurgias plásticas no corpo (419.451), como lipoaspiração e abdominoplastia, deixando os Estados Unidos no segundo lugar com 438.669 plásticas no rosto e com 417.186 no corpo.

Já entre os procedimentos não cirúrgicos, conhecimentos como minimamente invasivos, o Brasil também fica com a segunda posição e os Estados Unidos com o primeiro lugar. No ano passado, foram realizados mais de 700 mil de procedimentos estéticos aqui no Brasil: toxina botulínica (355.581), preenchimentos faciais (182.141), depilação a laser (76.235), rejuvenescimento facial (52.650) e peeling químico (16.145). Enquanto nos Estados Unidos foram realizados mais de 2 milhões e meio de procedimentos estéticos: toxina botulínica (1.353.996), preenchimentos faciais (556.164), depilação a laser (200.781), dermoabrasão (154.098) e peeling químico (132.741).

Cenário mundial

De acordo com essa nova pesquisa da ISAPS, os países que mais realizaram procedimentos cirúrgicos e estéticos em 2014 foram: Estados Unidos (4,064,571 – 20.1%), Brasil (2,058,505 – 10.2%), Japão (1,260,351 – 6.2%), Coreia do Sul (980,313 – 4.8%), México (706,072 – 3.5%), Alemanha (533,622 – 2.6%), França (416,148 – 2.1%) e Colômbia (357,115 – 1.8%).

Entre as cirurgias plásticas mais realizadas em 2014 em todo o mundo estão: blefaroplastia (1.427.451), lipoaspiração (1.372.901), aumento de mama (1.348.197), enxerto de gordura (965.727) e rinoplastia (849.445). E entre os procedimentos estéticos, os destaques foram: toxina botulínica (4.830.911), preenchimentos faciais (2.690.633), depilação a laser (1.277.581), peeling químico (493.043) erejuvenescimento facial (480.271).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?