ZIKA

Especialistas discutem medidas para conter zika

Especialistas internacionais discutem a evolução da zika e as medidas para combater o Aedes aegypti em um encontro no Rio de Janeiro.

  • Especialistas discutem medidas para conter zika
Especialistas discutem medidas para conter zika

Especialistas internacionais discutem a evolução da zika e as medidas para combater seu agente transmissor, o mosquito Aedes aegypti, em um encontro internacional que acontece esta semana no Rio de Janeiro.

O Fórum vai de 7 a 10 de novembro.

No primeiro dia do fórum (07), os analistas destacaram que a expansão da zika é consequência do fracasso no combate ao mosquito e advertiram que o Aedes também é transmissor de outras doenças.

Projetos conjuntos de combate à zika

Foram apresentados estudos sobre um projeto internacional conjunto para lutar contra o mosquito, que tem a colaboração de Brasil, Austrália, Indonésia, Vietnã e Colômbia.

Os trabalhos avaliaram que os insetos contaminados com a bactéria wolbachia reduzem sua capacidade de transmitir vírus como zika, febre amarela e chicungunha.

O fórum, que acontece até o dia 10 de novembro, inclui painéis sobre as perspectivas da evolução da zika na América e a importância da cooperação internacional para erradicar o vírus.

Una legión de mosquitos transgénicos para combatir el dengue y el zika

Emergência de saúde internacional

O encontro é organizado pela Academia Brasileira de Ciências (ABC), a Academia Nacional de Medicina (ANM) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), um ano após o Brasil declarar uma situação de emergência de saúde por causa do surto de zika, também relacionado ao aumento dos casos de microcefalia em bebês.

Em fevereiro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a microcefalia associada ao zika uma emergência de saúde pública de importância internacional.

Marcados com: , , , ,
Publicado em Ciência Médica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?