ZIKA VÍRUS

China oferece ajuda aos países latino-americanos afetados pelo zika

O porta-voz chinês reconheceu que o gigante asiático está observando “atentamente” o desenvolvimento da doença.

  • mas infoBRA108. BRASILIA (BRASIL), 27/01/2016.- Una mujer utiliza un repelente de mosquitos hoy, miércoles 27 de enero de 2016, en Brasilia (Brasil). El Gobierno de Brasil anunció que repartirá de forma gratuita repelentes de insectos a las mujeres embarazadas que están adscritas a los programas de asistencia a los pobres, para prevenir que se contagien del zika. El ministro de Salud, Marcelo Castro, recomendó que el resto de la población, la que no está atendida por los programas asistenciales gubernamentales, que compren repelentes de mosquitos aprobados por las autoridades sanitarias. EFE/Fernando Bizerra Jr.Foto: EFE/Fernando Bizerra Jr.Foto: EFE/Fernando Bizerra Jr.
Foto: EFE/Fernando Bizerra Jr.

O governo chinês ofereceu nesta segunda-feira assistência aos países latino-americanos que estão sofrendo epidemia de zika para conter a expansão do vírus, ao mesmo tempo que pediu a seus cidadãos que pretendem viajar para esses países a tomar precauções.

“A China apoia os esforços de prevenção da epidemia da América Latina e está pronta para cooperar e proporcionar assistência se for solicitada”, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Lu Kang, em entrevista coletiva em Pequim.

O porta-voz chinês reconheceu que o gigante asiático está observando “atentamente” o desenvolvimento da doença.

“Também aconselhamos aos cidadãos chineses nas áreas afetadas pela epidemia que sigam de perto sua evolução e tomem as precauções necessárias”, acrescentou Lu.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China anunciou na sexta-feira que iniciou os preparativos perante o risco da chegada do vírus portador dessa doença ao país.

A zika é uma doença causada por um vírus transmitido por mosquitos do gênero Aedes que costuma provocar febre, olhos vermelhos sem secreção e sem coceira, erupção cutânea com pontos brancos ou vermelhos e, em menor frequência, dor muscular e articular, mas se associa ao nascimento de crianças com microcefalia de mães infectadas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) deve decidir hoje se o surto de zika é ou não uma emergência sanitária de alcance internacional.

Marcados com: ,
Publicado em Doenças e Tratamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?