BRASIL DENGUE

Casos de dengue aumentam 234,2% em um ano

Foram contabilizados 745,9 mil casos de dengue, um aumento de 234% em comparação com o mesmo período de 2014.

  • Casos de dengue aumentam 234,2% em um ano
Casos de dengue aumentam 234,2% em um ano

Os casos de dengue contabilizados até meados de abril no Brasil aumentaram 234,2% e segundo os índices de incidência da Organização Mundial da Saúde (OMS), sete dos 27 estados sofrem com epidemias, informou nesta segunda-feira o Ministério da Saúde.

O último relatório indicou que até 18 de abril tinham sido contabilizados 745,9 mil casos de dengue, um aumento de 234% em comparação com o mesmo período de 2014, mas 48,6% a menos que no mesmo lapso de 2013, ano no qual o país viveu a situação mais crítica da doença.

Entre 1º de janeiro e 18 de abril deste ano, apontou o Ministério, a incidência média da doença no país foi de 367,8 casos por cada grupo de 100 mil habitantes, acima do número estipulado para a declaração de epidemia por parte da OMS, que é 300.

Os estados que estão nessa situação são Acre (1.064,8 por cada 100 mil pessoas), Goiás (968,9/100 mil), São Paulo (911,9/100 mil), Mato Grosso do Sul (462,8/100 mil), Tocantins (439,9/100 mil), Rio Grande do Norte (363,6/100 mil) e Paraná (362,8/100 mil).

São Paulo lidera o número de mortes com 169 das 229 registradas até agora, seguido por Goiás com 15 e Paraná e Minas Gerais, com oito cada um.

No total, o número de mortes no Brasil durante o período aumentou 44,9% em relação aos mesmos dias de 2014, enquanto na comparação com 2013 houve uma redução de 39,6% de óbitos.

O número de casos graves no país, com um total de 404, avançou 49,6% na mesma comparação.

A Prefeitura de São Paulo pediu ajuda ao Exército para apoiar o trabalho para eliminar os criadouros do Aedes aegypti, o mosquito que transmite a doença, perante o aumento de casos na região.

As autoridades atribuíram parte do aumento dos casos de dengue em São Paulo à crise hídrica que o estado atravessa, o que levou a muitas pessoas a armazenar água em suas casas, provocando uma proliferação de criadouros de mosquitos.

O mosquito Aedes aegypti é também o transmissor da febre chicungunha.

Marcados com: ,
Publicado em Doenças e Tratamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?