MICROCEFALIA

Brasil decreta emergência em saúde pública em Pernambuco

Por causa do aumento da alteração padrão no nascimento de bebês com microcefalia no estado pernambucano, o Ministério da Saúde anunciou hoje a medida durante coletiva de imprensa.

  • Brasil decreta emergência em saúde pública em Pernambuco
Brasil decreta emergência em saúde pública em Pernambuco

O Ministério da Saúde do Brasil decretou hoje emergência em saúde pública de importância nacional em Pernambuco por causa do aumento do número de casos de microcefalia em recém nascidos, que já são 141 registrados desde agosto deste ano, segundo o ministro da pasta, Marcelo Castro, que falou em coletiva de imprensa, hoje, em Brasília.

“O que nos chama atenção é o aumento do número de casos suspeitos, uma doença séria com várias causas possíveis, disse Castro.

O Ministério está monitorando a situação dos casos em Ppernambuco desde 22 de outubro, quando foi notificado do aumento de situações.

O fato foi comunicado à Orgnização Mundial da Saúde (OMS) e Organização Pan-americana da Saúde (OPAS) conforme protocolos internacionais de notificação de doenças.

Crianças e gestantes estão realizando exames clínicos de imagem e laboratorial conforme indicação do ministério.

Até a última segunda-feira, foram notificados 141 casos suspeitos em 44 cidades. As investigações estão em andamento e até o momento não há causas definidas do agravo se é infecciosa ou não.

Os estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte também apresentaram casos que estão sendo analisados pelo ministério.

Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional

Trata-se de um mecanismo previsto em lei para casos de emergências que demandem o emprego urgente de medidas de contenção.

Vale lembrar que a microcefalia não é um agravo novo. É uma má formação congênita em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada.

“Neste cenário, os casos de microcefalia possuem prioridade em seus atendimentos”, informou na coletiva de imprensa o diretor do departamento epidemiológico do Ministério da Saúde, Claudio Maierovitch.

Marcados com:
Publicado em Doenças e Tratamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?