ANVISA

Anvisa proíbe a venda de suplementos vitamínicos no Brasil

As três suplementos proíbidas estavam sendo comercializadas irregularmente no Brasil como substâncias para complementação de ingestão de nutrientes por motivos que vão desde informações errôneas até segurança dos componentes desses itens.

  • Anvisa proíbe a venda de suplementos vitamínicos no Brasil
Anvisa proíbe a venda de suplementos vitamínicos no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou a proibição do uso e venda de três tipos de suplementos vitamínicos no Brasil, hoje, em comunicado publicado no Diário Oficial da União.

Os três suplementos proíbidos estavam sendo comercializadas irregularmente no Brasil como substâncias para complementação de ingestão de nutrientes por motivos que vão desde informações errôneas até segurança dos componentes desses itens.

O documento informou que o suplemento “Cafeína para Atletas” da marca Green Coffee Beads está proibido para a importação e comercialização por divulgar informações irregulares em seu site sobre o produto, que teria propriedades terapêuticas e medicamentosas como queima de gordura e inibição de células adiposas.

A decisão inclui também a retirada, em todo território nacional, de todas as publicidades deste produto que veiculem as propriedades não estabelecidas pela legislação sanitária vigente.

Também não será permitido no país o suplemento vitamínico “No Xplode”, que apresenta em sua composição cálcio arginato e magnésio arginato, substâncias cuja segurança não estão comprovadas perante a Anvisa.

A distribuição e comercialização do suplemento vitamínico e mineral de marca Monster Extreme Black será impedida pela Anvisa, que justifica que o produto apresenta as substâncias de magnésio arginina quelato e cálcio arginina quelato, que não têm sua segurança comprovada no Brasil.

Marcados com: ,
Publicado em Nutrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Login

Registrar | Perdeu sua senha?